segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Complexidade 2: os xampus

Uma vez descrevi a minha dificuldade na hora de comprar absorventes devido a enorme complexidade de opções existentes (clique aqui para ler). Claro, existem inúmeros outros produtos que oferecem uma gama enorme de opções, como carros, computadores, etc., mas o que me chamou a atenção no caso dos absorventes é que essas opções se originam de parâmetros relativamente simples, muitos dos quais totalmente inúteis. Puro marketing.

Recentemente percebi que essa mesma complexidade atinge também os xampus. O xampu que eu usava há diversos anos – por preguiça de experimentar, sou fiel às marcas que uso – sumiu das prateleiras, não o acho mais em lugar nenhum, daí que tive que procurar um substituto. Tarefa simples, é só escolher entre xampus para cabelos secos, oleosos e normais e pegar esse último que não tem erro.

O leitor vai pensar que eu sou meio rústico, talvez seja um pouco mesmo, mas se não sou exatamente um metrossexual, também não chego ao ponto de lavar a cabeça com sabão de coco. Mas voltemos à prateleira do mercado.

Depois de percorrê-las com os olhos uma, duas, três vezes, e não achar nenhum do jeito que eu queria, pensei “não é possível que não haja um xampu para cabelos normais!”. Resolvi então aplicar um método mais científico e anotar todos os tipos disponíveis. Vejamos, achei xampus para as seguintes necessidades, pela ordem em que anotei:

- Muito cacheados a crespos
- Fragilizados
- Antiqueda
- Danificados
- Lisos com escova
- Liso perfeito e sedoso
- Cachos comportados e definidos
- S.O.S. crescimento
- Fortificado
- Liso absoluto
- Blindagem contra danos
- Cacheado
- Cor duradoura
- Crespos, relaxados ou alisados
- Liso extremo total

Alguém pode me explicar como se faz para saber se o cabelo é só cacheado, cacheado comportado ou muito cacheado? O que é mais poderoso: o xampu fortificado ou o blindado? Qual o parâmetro que define se o cabelo é liso, liso perfeito ou liso absoluto? Por que não existe um xampu simplesmente para lavar cabelos? Oh, dúvidas cruéis!

O mais próximo do que eu queria foi um para “Normais a oleosos”. Não imagino que dano isso poderá causar às minhas grisalhas madeixas. Ceticamente, desconfio que não fará diferença nenhuma, mas não quero contestar toda essa gente que estuda química. E marketing.

2 comentários:

Marília disse...

Se o xampu estragar o meu cabelo a culpa deve ser minha que não escolhi a opção certa!

Anônimo disse...

E os produtos de limpeza ?
Pesada, muito pesada e super pesada.
Ademir

Related Posts with Thumbnails