segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Máscara

“A mesma máscara negra que esconde teu rosto, eu quero… laiá lá laiá!”

Que Joaquim Barbosa, Marcos Valério, Lady Gaga, Dilma, Obama, que nada! Esse ano a minha máscara no Carnaval vai ser essa:

Olha eu aí, geeeeeeente!

domingo, 27 de janeiro de 2013

Vibrafone

O vibrafone é um dos três instrumentos que eu gostaria de saber tocar. Os outros dois são: piano, bateria, violão e contrabaixo. Ah, sim, e saxofone.

Algumas feras do vibrafone:

1) Lionel Hampton

2) Milt Jackson (com Oscar Peterson)

3) Bobby Hutcherson (com Milt Jackson)

4) Garry Burton

5) Stefon Harris

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

RC, 40 anos

Edison - 0335 - Rogério Ceni


Perspectivas:

Edison - 0338 - Perspectivas

domingo, 20 de janeiro de 2013

Mangafuso

Antes de mais nada, esclareço que isso não é uma invenção minha. Já havia usado um desses na casa da minha mãe há muito anos, mas tentei comprar recentemente e não achei em lugar nenhum.

Trata-se do Mangafuso (o nome é meu), um instrumento cuja única função é segurar u’a manga enquanto a descascamos, fatiamos, chupamos ou o que mais você queira fazer com ela.

O princípio e a fabricação são simples. Tudo o que é necessário é um cabo (pode ser um pedaço de cabo de vassoura ou assemelhado, no meu caso usei o cabo de uma paceta antiga), um parafuso grande e um pouco de epoxi. A montagem é ridícula, aliás, é mais fácil mostrar a foto do que explicar, só tomei o cuidado extra de embutir o parafuso no cabo, mas acho que se deixasse o parafuso só encostado no cabo e fixado com epoxi também funcionaria.

Daí, é só espetar o mangafuso na manga por trás (oops!), parafusá-lo no caroço da dita cuja e pronto, sua manga já está pronta para ser manuseada sem sujar (muito) as mãos.

Testado e aprovado!

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Sabonete Mad

Me lembro bem de quando eu era moleque, quando lançaram a versão brasileira da Revista Mad. Para quem não sabe ou não se lembra, a Mad Magazine é uma publicação americana dedicada ao besteirol puro e irreverência total. Seu personagem símbolo era o Alfred E. Neuman, esse banguelinha aí da foto.

mad-magazine

A revista vinha com várias seções fixas, a maior parte muito engraçadas mesmo, pelo menos visto do alto dos meus 12/13 anos. Mas tem um artigo em especial de que me lembro quase sempre que tomo banho. Era uma seção que se propunha a denunciar os segredos da indústria capitalista, ou algo parecido.

Algumas dessas denúncias, como essa do sabonete que vou contar, tenho cá minhas dúvidas se não são verdadeiras mesmo. Dizia-se que o sabonete, todos eles, independentemente da marca, tem a seguinte composição básica, mas que não conseguimos perceber a olho nu – imagine que a figura abaixo é um sabonete cortado com uma faca:

image

A camada externa e o miolo são compostas por um produto mais duro, mais resistente à ação da água. Já a camada intermediária é feita de um material que se dissolve mais facilmente. Isto é, olhando menos criticamente, é tudo um sabonete só, com o mesmo cheiro e tal. A grande diferença está no comportamento dele ao longo dos nossos banhos!

Assim que tomamos o primeiro ou segundo banho com ele, a camada externa se acaba e começamos a usar a parte mais mole, por assim dizer. Embora seja muito mais espessa, não dura mais que outros dois ou três banhos, pode reparar. Aí chegamos na parte central que demora a se acabar, mas é tão chato de usar que acabamos jogando fora e pegando outro na embalagem.

Esse é o grande truque da indústria de cosméticos para vender mais sabonetes!

Você pode até duvidar disso, mas eu duvido que você não comece a prestar atenção ao seu sabonete daqui por diante.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Atrasos acumulados

Tudo bem que chegar atrasado é falta de educação, mas assassinar a lógica deveria ser crime, no mínimo uma contravenção.

Edison - 0343 - Barbeiro

domingo, 13 de janeiro de 2013

Coletânea de tirinhas

Tirinhas do Edison Junior

Essa coletânea de tirinhas desenhadas por mim foram publicadas no Sítio do Junior nos seus primeiros 5 anos de existência e a seleção não seguiu qualquer outro critério senão o meu gosto pessoal.

Para baixar, clique no link a seguir: Tirinhas do Edison Junior

Boa parte delas foi feita sobre piadas conhecidas, sobre as quais não reivindico qualquer direito autoral. Aliás, não reivindico autoria nem sobre as que eu mesmo fiz. Piada, por definição (minha), não tem autor.

Sim, o Sítio do Junior completa hoje 5 anos de existência.

sábado, 12 de janeiro de 2013

Poker faces

Edison - 0342 - Poker faces

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Shhhh…

Silêncio
   "O silencio faz com que até os idiotas pareçam sábios por um minuto."

   Carlos Ruiz Zafón

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Senso de humor

Algumas pessoas não têm senso de humor mesmo…

Edison - 0341 - Falta de senso de humor feminino

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

O pidão

Edison - 0340 - O pidão

sábado, 5 de janeiro de 2013

Imperatriz Pedro II

Edison - 0339 - Imperatriz Pedro II

Mussum

Será que a família do Mussum recebe alguma coisa a título de direitos autorais?

Mussum

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Iberoamérica Digital

Para quem gosta de mapas antigos é um prato cheio (eu!). Para quem gosta de literatura sulamericana, idem (eu!). Jornais , fotografias, músicas, enfim, uma coleção de documentos sulamericanos pra ninguém botar defeito. Trata-se do site Iberoamérica Digital que descobri há pouco. Trata-se de um projeto conjunto da Associação de Bibliotecas Nacionais da Ibero-América (ABINIA) para possibilitar o acesso aos recursos digitais de todas as bibliotecas participantes.

É tudo grátis para baixar ou apenas consultar. Vale a pena fuçar por lá de vez em quando. Veja alguns exemplos de mapas que eu baixei de lá (clique na imagem para expandi-la):

1) Bahia de Todos os Santos - São Salvador

cart550198

2) Bahia do Rio de Janeiro

cart20568_016

3) Costa do Brasil

cart164702

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Começando o ano…

Edison - 0338 - Abençoada

Todo começo de ano é a mesma coisa: a esperança de que tudo vai ser diferente e melhor no ano seguinte.

No entanto, o que muda realmente só porque o ano mudou? Pouca coisa. Para os contadores, sim, pois é outro ano fiscal. Para quem vive da agricultura, também, é um novo ciclo que se inicia. Para os fabricantes de calendários e agendas idem.

Mas para as pessoas “comuns”, o que muda em termos de “muito dinheiro no banco” e “saúde pra dar e vender”? O que isso tem a ver com a próxima volta da Terra em torno do Sol, a partir de um ponto absolutamente arbitrário?

Para não ficar mal entendido, não se trata de pessimismo de minha parte, nem de lógica exacerbada. Desejar feliz ano novo é uma coisa, eu também faço isso e com sinceridade. E nada contra ter esperança de uma forma geral, mas ficar esperando que só porque mudou o dígito tudo irá mudar é que não faz sentido para mim.

Faça o que você puder pela sua saúde o ano inteiro. E trabalhe. Feliz 2013!

Feliz 2013 com muita harmonia!


Related Posts with Thumbnails