domingo, 23 de junho de 2013

Uma novela com reviravoltas

Um pessoal ligado à “Esquerda” começou um movimento contra o aumento dos preços das passagens de ônibus. Na cidade de São Paulo a situação era particularmente curiosa. O prefeito que aumentou a passagem é da “Esquerda” (apoiado por vários partidos da “Direita”). A polícia que reprimiu os mais exaltados responde a um governador cujo partido tem a simpatia da “Direita” (apoiado por vários partidos da “Esquerda”.)

A multidão aos poucos foi ganhando as ruas e, como nem todos eram afetados pelo valor da passagem, o movimento cívico foi ganhando outros temas (combate à corrupção, melhorias na saúde, transporte, educação e segurança.) Motivos para queixas não faltam. A manifestação ganhou várias cidades em todo o país, tanto as governadas por prefeitos da “Esquerda” quanto de “Direita”.

As manifestações são agendadas pelas redes sociais em clima de micareta. A galera vai ficando cada vez maior. Momentos bonitos são registrados. Os pais levam os filhos pequenos para o exercício da cidadania. Como nem tudo é perfeito, aqui e ali cenas lamentáveis de vandalismo acontecem, mais ou menos reprimidas pela polícia. Como sempre ocorre nesses casos, há excessos de lado a lado.

No início, o pessoal da “Direita” criticava as manifestações dizendo que não havia um tema definido e que não levaria a nada, mas a multidão continuou aumentando. Então, a “Direita” viu uma oportunidade de tirar uma casquinha e começou a sugerir novos temas (impeachment, ditadura e outros.) Muitos dos que pedem isso não fazem nem ideia de como foi o tempo da ditadura por aqui.

Nessa altura, o pessoal da “Esquerda” começou a perceber que a coisa estava começando a ficar perigosa pro seu lado, afinal o governo federal é um aliado, e atualmente dissemina a versão de que tudo não passa de uma conspiração da “Direita”. Pessoalmente acho meio paranoico isso, não creio que a “Direita” seja tão articulada assim. Enfim, tudo é possível.

Tá tudo muito estranho. Que novas reviravoltas sofrerá essa novela em que cada um escreve seu roteiro? Cadê as cenas dos próximos capítulos?

Nota: usei os termos “Esquerda” e “Direita” entre aspas por um motivo muito simples: acho que só aqui no Brasil ainda se perde tempo com essa dicotomia.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails