sexta-feira, 21 de junho de 2013

Sinergia às avessas

Sinergia pode ser definida como uma soma em que 1 mais 1 é maior do que 2.

Ou, em outras palavras, quando duas pessoas se reúnem para fazer uma determinada ação, a cooperação entre elas pode ser tão enriquecedora que a soma dos seus esforços/ideias é maior do que a simples soma das duas ações realizadas isoladamente. Em condições adequadas de temperatura, pressão, boa vontade, cabeça aberta e empatia, quanto mais gente disposta a cooperar, maior será esse ganho.

Então quer dizer que se reunirmos 1 milhão de pessoas teremos uma inteligência monumental? Não, infelizmente o efeito da sinergia não é linear. Pegue uma torcida de futebol reunida em um estádio. As ações de que elas são capazes provavelmente jamais ocorreriam caso qualquer desses torcedores estivesse sozinho. Basta o primeiro fazer merda para que o restante o siga.

Preocupado com isso, o Instituto Sênior de Pesquisa Junior – sem qualquer base científica é preciso ressaltar – procurou colocar num gráfico como se comporta a inteligência de um grupo de pessoas interagindo. Na falta de um índice melhor para avaliar isso, utilizamos o velho Quociente de Inteligência, o popular QI. Partiu-se do princípio de que o QI de todo mundo é igual e, a medida que vamos juntando pessoas, aplicamos o Fator Multiplicador de QI para estabelecer a inteligência média das pessoas do grupo.

Nessas condições, o QI de uma pessoa qualquer do grupo quando sozinha deve ser multiplicado por 1. Para duas pessoas, pelo gráfico abaixo, o QI das duas juntas em vez de ser o dobro será igual a, digamos, 2,2 QI e assim por diante.

image

Graças à sinergia, a média de inteligência vai crescendo até um ponto em que, minha experiência estima entre 10 a 15 pessoas, a partir do qual o Fator Multiplicador de QI começa a cair. Quando temos um grupo maior do que 100 pessoas (um auditório, por exemplo) o fator multiplicador começa a se aproximar novamente de 1 e continua caindo.

Deve ser porque quando o número de pessoas vai passando de 30 a 50, elas deixam de conversar livre e abertamente e passam a seguir um líder. Ah, os líderes! Que poder a figura de um líder tem de podar a inteligência de seus seguidores…!

Desse ponto em diante, é como se a inteligência de cada um fosse regredindo. Ou seja, seres humanos juntos vão emburrecendo a medida que vão se juntando. E vão ficando cada vez mais fáceis de manipular. Há casos extremos em que o Fator Multiplicador de QI pode chegar a valer um número negativo, como ocorreu durante a época do nazismo.


P.S. Esse gráfico começou a ser feito antes das manifestações de rua que estão ocorrendo por todo país, portanto seu efeito não está computado nessa “pesquisa”.

P.S. do P.S. Ou será que está? Acho que somente a ótima intenção da maioria das pessoas que estão lá impediu (por enquanto) que os eventos descambassem. Tomara que continue assim, mas é um potencial barril de pólvora para alguém que queira provocar confusão. Um lider, por exemplo.

P.S. do P.S do P.S. Aviso importante: esse texto não dispõe de qualquer base científica, é só a minha opinião besta e desabalizada.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails