terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Dei ouro para o bem do Brasil

Remexendo umas coisas antigas do meu pai, deparei-me com um anelzinho de latão, símbolo de um dos maiores embustes já aplicados sobre o povo brasileiro:

“DEI OURO PARA O BEM DO BRASIL”, é o lema de uma campanha feita em meados de 1964, portanto pouco após a revolução de março (ou abril, segundo alguns).

A campanha visava mobilizar a população para doar parte de seus pertences ao governo brasileiro para ajudar na sua recuperação econômica do país. Foi conduzida e incentivada pelos Diários Associados, do grupo de Assis Chateaubriant, e inspirou-se na campanha feita em São Paulo, durante a Revolução Constitucionalista de 1932. Era só levar os valores aos postos de troca e sair com o anelzinho da campanha e um diploma.

O Cruzeiro

O ouro/dinheiro/joias/veículos arrecadados foram entreguem ao estado. Porém, ao contrário da antiga campanha paulista, cujo saldo foi doado para a Santa Casa e utilizado para construção de um edifício no Largo da Concórdia, até hoje não se sabe do destino de um único centavo da campanha de 64.

Pra piorar, como aqui é Brasil, quem chegou tarde para doar nem o anelzinho de latão levou, porque não os havia em número suficiente.


Nota: achei esse mesmo anel à venda na internet por preços que variam entre R$ 45 e R$ 280.

6 comentários:

Emmanuella disse...

Eu nunca tinha ouvido falar nisso!!

E claro que não estou surpresa. Se fosse hoje em dia, não ia ter um brasileiro que desse o que quer que fosse pro governo (além da quantidade de dinheiro que JÁ damos). O jeito é botar o anel pra vender mesmo e tentar recuperar o prejuízo!

Edison Junior disse...

Acho que vou guardar de lembrança mesmo, Manu. Serve para não esquecer e não cair nessa de novo.

Iatã Themudo Lessa disse...

Ainda bem que você dava ouro e recebia o anel. Pior seria obrigar o povo a dar o anel para receber ouro!
Abraço!

Edison Junior disse...

É, primo, sempre pode ser pior...

Ricardo Pimenta disse...

tinha uma dessa la em casa ...era do meu avô...não sei onde foi parar..mas pra mim não tem valor algum...........

Edison Junior disse...

Ricardo, vale pela história e para nos lembrar de não cair nessa de novo.
Obrigado pela visita!

Related Posts with Thumbnails