domingo, 18 de novembro de 2012

Conserto doméstico

“plim-plim-plim-plim-plim-plim-plim-plim-plim”

Assim fazia nosso chuveiro aqui em casa e, depois de muita buzinaço no ouvido, resolvi tratar do problema hoje, em pleno domingo.

Aparentemente é um problema fácil de resolver: tira o registro, troca o courinho, coloca de volta e pronto. Para mim, no entanto, por algum inexplicável bloqueio funcional, apesar de me virar relativamente bem com problemas elétricos, de pedreiro e marceneiro, na parte hidráulica sempre fui um desastre.

Dito e feito, preparei as ferramentas, separei o courinho e pus-me a desmontar o registro. A primeira supresa foi o grau de desgaste de algumas peças o que fez ficar tudo mais difícil para desrosquear. A segunda surpresa foi o courinho, que em vez de ser igual ao que eu tinha, era de plástico, num formato completamente diferente. Bosta, f…-se, vou montar tudo de novo e que se dane o plim-plim.

Quem disse que eu montei? Uma das roscas não encaixava de jeito nenhum. Desisti, saí para comprar outro registro. Na primeira loja fui muito mal atendido por um vendedor que evidentemente detesta trabalhar aos domingos. E ainda por cima não tinham o que eu queria. Na segunda loja também não tinham, mas o amável vendedor ajudou-me a montar o conjunto (o sentido da tal rosca era invertido…) de forma que eu podia pelo menos chegar em casa e reinstalá-lo nas condições em que estava antes.

E foi o que fiz, com o único percalço de ter que improvisar mais um pouco, pois perdi um dos parafusos de fixação. Tudo reinstalado, abri o registro da água e não fiquei surpreso ao descobrir que o plim-plim havia aumentado. Pqp!

Sem contar que sujei o tapetinho do banheiro. Mais buzinaço…

Um comentário:

mara* disse...

Tenho uma raiva desses courinhos que já não são mais courinhos e sim plastiquinhos....

Related Posts with Thumbnails