sábado, 16 de junho de 2012

Pegadas na areia

2012-06-16 Caminhada 08

Céu meio fechado, saí para caminhar de manhã pelas ruas do condomínio onde fica o hotel.
No celular rolava Michel Petrucciani, Dave Brubeck e John Coltrane.
Planejei a última “perna” da caminhada para tirar o tênis e vir pela areia beirando o mar.
Desliguei o som para ouvir as ondas quebrando.
Caminhei por vinte minutos pela praia quase deserta, sentindo a areia nos pés.
Na areia também muitas conchas e alguns cocos aqui e ali.
Nos últimos passos antes de chegar olhei para trás para conferir minhas pegadas.
Os pés arrastavam-se pela areia e eu olhando para trás… <TUNC>
Ô coco filho da puta! Vai pra puta que o pariu!

3 comentários:

Emmanuella disse...

No meio do caminho dos meros mortais há sempre uma pedra. No do Edison, que é chique demais da conta, tem um coco. Não é só porque tá na praia que vai escapar, ok? HAHAHA

Ê, falta que sinto de uma areia...

Marília disse...

Que pena...
Estava tudo tão poético e o coco ali só para atrapalhar!

mara* disse...

E definitivamente, Michel Petrucciani, Dave Brubeck e John Coltrane não combinam com coco...

Related Posts with Thumbnails