sexta-feira, 8 de junho de 2012

Conchinhas

Tínhamos o costume de apanhar uma ou mais conchinhas de praias que visitávamos com os nossos filhos. O resultado disso é um pote cheio de conchinhas que guardamos lá em casa. Mesmo quando eu viajava sozinho, sempre trazia mais alguns exemplares para a coleção. Até que um dia minha filha me disse que a professora havia ensinado que não devemos pegar as conchinhas da praia, pois alguns bichinhos do mar dependem delas para viver.

DSC01177Mas, costume é costume. Em uma viagem posterior achei uma conchinha muito bonita, relativamente grande, e não resisti. Cheguei em casa e a mostrei à minha filha.

- Mas pai, eu não falei que não era mais para pegar?

- Sim, mas eu tive o cuidado de escolher uma bem grande que é para os bichinhos não engasgarem. Assim, estamos fazendo um favor a eles! – repliquei ingenuamente.

E ela, entre risos de deboche, treplicou:

- Mas eles não comem as conchinhas, pai, eles usam de casinha!

Nessa última viagem, fraquejei novamente e peguei uma bem bonitinha. Ela estava no meio de um monte de outras, talvez não faça muita falta.

2012-06-02 - 38 PraiaDSC01175

Em todo caso, dei uma revisão geral na nossa coleção e da próxima vez vou devolver as conchinhas abaixo à praia. Uma espécie de Programa Minha Casa Minha Vida de bichinhos do mar.

DSC01178

2 comentários:

Marília disse...

Nossa Senhora! Então eu também sou responsável por muitos bichinhos sem teto!

mara* disse...

Acho que é um costume universal...o que me fez relembrar o que fazia nas minhas idas às praias...adorava ver um crustáceo cavador. São muitos, não 'aparecem' e são difíceis de capturar, e por isso são apelidados de corruptos...Qualquer semelhança com algum politico é mera coincidência, mesmo porque, adoro a Dilminha e o seu Minha Casa Minha Vida, o maior programa habitacional da história do Brasil.

Related Posts with Thumbnails