segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Por do Sol entre nuvens

Depois de um dia inteiro cinzento e úmido, o Sol deu uma chegada pra dizer um oi, mas logo teve que ir embora expulso por mais nuvens negras.

2011-10-31 Por do Sol 02

domingo, 30 de outubro de 2011

Bons e velhos tempos

Edison - 0184 - Bons tempos

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Formiguinhas

Na praça que tem aqui atrás de casa existe uma impressionante (para quem se impressiona com coisas pequenas) rede de estradinhas construídas pelas formigas do bairro.

Sou fã de formigas. Sou fã de seu trabalho diligente. Sou fã de sua engenharia. Pode até parecer contraditório da minha parte, mas confesso aqui, de peito aberto, que vez por outra eu derrubo uma lateral de formigueiro. Não é por maldade, procuro não machucar nenhuma formiguinha. É que eu quero garantir o emprego das coleguinhas engenheiras. É uma espécie de sentimento corporativo da minha parte.

Formigas 06Formigas 04Formigas 01Formigas 05Formigas 09Formigas 10

Vista aqui do alto do meu apartamento, a rede de estradinhas lembra a Grande Muralha da China vista do espaço.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Euro-English

The European Commission has just announced an agreement whereby English will be the official language of the European Union rather than German, which was the other possibility. As part of the negotiations, the British Government conceded that English spelling had some room for improvement and has accepted a 5-year phase-in plan that would become known as "Euro-English".

In the first year, "s" will replace the soft "c". Sertainly, this will make the sivil servants jump with joy. The hard "c" will be dropped in favour of "k". This should klear up konfusion, and keyboards kan have one less letter.

There will be growing publik enthusiasm in the sekond year when the troublesome "ph" will be replaced with "f". This will make words like fotograf 20% shorter.

In the 3rd year, publik akseptanse of the new spelling kan be expekted to reach the stage where more komplikated changes are possible. Governments will enkourage the removal of double letters which have always ben a deterent to akurate speling. Also, al wil agre that the horibl mes of the silent "e" in the languag is disgrasful and it should go away.

By the 4th yer people wil be reseptiv to steps such as replasing "th" with "z" and "w" with "v". During ze fifz yer, ze unesesary "o" kan be dropd from vords kontaining "ou" and after ziz fifz yer, ve vil hav a reil sensi bl riten styl.  Zer vil be no mor trubl or difikultis and evrivun vil find it ezi tu understand ech oza. Ze drem of a united urop vil finali kum tru.

Und efter ze fifz yer, ve vil al be speking German like zey vunted in ze forst plas.

Gut wek!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Cafezinho

Edison - 0183 - Café Dupont

História verídica contada por um amigo.

domingo, 23 de outubro de 2011

Vá de ônibus

60 pessoas

É verdade que em Munique os ônibus devem ser melhores e mais confortáveis, mas a imagem não deixa dúvida.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Seu desejo é uma ordem!

Edison - 0182 - Desculpa 3

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Horário de Verão 2

Horário de Verão 1Horário de Verão 2

Iniciou-se nesse último final de semana mais um período sob o domínio do Horário de Verão. Dessa vez é o mais longo da história, com 133 dias, ou seja, mais de um terço do ano! Quem me conhece sabe o quanto “aprecio” essa época – leia o que publiquei há dois anos clicando aqui – mas é só minha opinião. E opinião é que nem bunda, cada um tem a sua.

Não vi nenhuma pesquisa confiável sobre a preferência da população, mas as que vi giram em torno de 50/50, ou seja, metade das pessoas o aprovam. Quando eu digo que as pesquisas não são confiáveis, me refiro à qualidade dos pesquisados, no sentido de saber quantos desses que dizem gostar do Horário de Verão se levantam às 5:00 hs da manhã ou antes para ir trabalhar ou à escola. Há quem se acostume a levantar mais cedo. Há quem não se acostume, como é o meu caso.

Técnicos do ONS, Operador Nacional do Sistema Elétrico, afirmam que o HV propiciará uma economia de R$ 75 a R$ 100 milhões no período (veja aqui). Parece muito, mas considerando-se que somos 200 milhões de brasileiros, a economia se resumirá a R$ 0,50 por pessoa. A minha parte já está aí em baixo. Agora, se me dá licença, vou voltar para a cama.


Moeda R$ 0,50

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

À vontade, no ritmo da música!

Edison - 0181 - Peido ritmado

domingo, 16 de outubro de 2011

Blog Action Day 2011: Comida!

O Blog Action Day é um evento anual em que os blogs inscritos postam sobre um tópico pré-determinado. Esse ano o assunto é: comida! Pode-se falar qualquer coisa sobre o tema, a fome mundial, a comida predileta, ser vegetariano ou não, ou que mais aprouver ao blogueiro. Escolhi então apresentar músicas clássicas da MPB, que mencionam algumas de nossas comidas mais típicas. Bom apetite!




E, para não dizer que falei só de flores,

Tag: #bad11

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Filhos longevos

Outro dia desses, conversando com um amigo, perguntei-lhe sobre os filhos.

- Filho é bom, mas dura muito!

- Como assim?

- Eles demoram cada vez mais para sair de casa…

Fiquei meio chocado de início, mas logo entendi como brincadeira pois, até onde eu sei, meu amigo gosta dos seus filhos. Ele me esclareceu que ambos os filhos são bem crescidinhos, formados (só um trabalha), mas ambos continuam acastelados na sua casa. Bom, pelo menos eu acho que era brincadeira dele.

Na verdade, é um fenômeno que vem sendo cada vez mais comum os filhos demorarem mais a sair de casa. Procuram firmar-se em algum emprego, sem pressa de abandonar o conforto do lar paterno e/ou materno e só saem se for pra juntar com alguém. Antigamente era bem diferente (meus deuses, que papo de velho). Mal o/a jovem começava a trabalhar e já pensava em ter um lugar só seu – geralmente se esquecia de que tinha que arrumar a cama, lavar as roupas, limpar a casa, fazer comida, pagar as contas etc., tudo sozinho. Certo mesmo estão os de hoje.

Por coincidência, no mesmo dia em que travamos esse breve diálogo, li no site da BBC (clique aqui se quiser ler na íntegra) uma reportagem sobre um casal italiano que entrou com uma ação de despejo contra seu filho de 41 anos. Segundo eles alegam, o filho não tem qualquer intenção de sair de casa e tem se tornado agressivo sobre o assunto. Ainda segundo a reportagem, 7 em cada 10 italianos entre 18 e 39 anos ainda vivem com a família. Mas, convenhamos, 41 anos é um exagero, né não?

Na mesma hora mandei um e-mail para o meu amigo com o link da reportagem, e ele me respondeu:

- Quem sabe essa é a solução.


P.S. De minha parte, não tenho pressa nenhuma em que meus filhos saiam de casa.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Crianças PSJ

A homenagem do Sítio do Junior ao Dia das Crianças vai na forma desses dois cartuns geniais que vi recentemente e que refletem bem demais essa geração PSJ (Pós Steve Jobs).

Whyatt - Adicionar novo contato

Iturrusgarai - De onde vêm os bebês

“De onde vêm os bebês?”

domingo, 9 de outubro de 2011

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Prêmio Ig Nobel

Ig NobelO Prêmio Nobel todo mundo conhece. A Fundação Nobel criada pelo industrial sueco Alfred Nobel, inventor da dinamite, distribui anualmente prêmios para pessoas que deram alguma contribuição importante para o mundo. Além da honraria propriamente dita, há um prêmio em dinheiro, hoje da ordem de 1 milhão de euros. Em seu testamento original eram apenas cinco os prêmios (Literatura, Física, Química, Paz e Medicina/Fisiologia), porém a Fundação criou postumamente um sexto prêmio, a ser entregue a um Economista de destaque – imagino que a ideia tenha partido de um economista membro da Fundação (afinal o que um cientista maluco ou escritor pobretão vai fazer com essa grana toda? aposto que vai gastar tudo…)

Paralelamente, há uma espécie de paródia do Prêmio Nobel, chamada Prêmio Ig Nobel (lê-se ignobél). Distribuído desde 1991, na Universidade de Harvard, conta entre os  membros da comissão julgadora com vários laureados pelo Nobel original e outros cientistas de renome. A ideia é premiar as descobertas que “não podiam, ou não deviam, ser reproduzidas”, as chamadas “Pesquisas Improváveis”. Além das categorias premiadas pelo Nobel, o Ig Nobel premia também Engenharia, Biologia, Nutrição, Pesquisa Interdisciplinar e outras.

Muitas escolhas parecem apenas gozação do grupo, principalmente os de Economia, como por exemplo quando eles premiaram “Michael Robert Milken, titã de Wall Street e pai do Junk Bond, a quem o mundo está em débito”, mas na maioria das vezes são cientistas que desenvolveram pesquisas sérias e que estão ali porque num primeiro momento seus objetos de pesquisa provocaram no mínimo um sorriso ou estranheza.

O Ig Nobel recebe muitas críticas furibundas de pessoas que se sentem ofendidas, mas a grande maioria leva na esportiva e muitos até vão à cerimônia buscar o prêmio ou mandm representantes. Houve até um caso, o do cientista russo André Geim, que recebeu o Ig Nobel em 2000 e o Nobel em 2010.

Por fim, se não há ainda um brasileiro que tenha ganho o Prêmio Nobel, podemos nos orgulhar de já termos um Ig Nobel, em 2008, quando Astolfo Gomes de Mello Araújo e José Carlos Marcelino receberam o Ig Nobel de Arqueologia, por demonstrarem que os tatus podem misturar os vestígios em um sítio arqueológico. Brasil-il-il!

Quem quiser ver a lista completa dos laureados e suas respectivas decobertas, pode clicar aqui ou aqui ou aqui. Na lista abaixo, coloquei as que eu considero mais significaticas para a humanidade (e que me provocaram lágrimas de tanto rir). Tome fôlego e boa leitura!

1991

Biologia: Robert Klerk Graham, seleccionador de sementes e profeta da propagação, pelo seu desenvolvimento pioneiro do "Banco da Escolha Germinal", Repository for Germinal Choice, um banco de esperma que aceita doações apenas de laureados com o Nobel e medalhistas olímpicos.

Paz: Edward Teller, pai da bomba de hidrogênio e principal apologista do Programa Star Wars, pela sua vida dedicada a alterar a paz como a conhecemos.

1992

Arqueologia - Eclaireurs de France, grupo de escoteiros, removedores de grafite, por apagarem as antigas pinturas rupestres das paredes da gruta de Mayrière supérieure, perto da aldeia francesa de Bruniquel, pensando que eram "pichações".

1993

Medicina: James F. Nolan, Thomas J. Stillwell, e John P. Sands Jr., homens de medicina misericordiosa, pela sua dolorosa pesquisa "Gestão Aguda de Pênis Presos no Zíper" (Acute Management of the Zipper-Entrapped Penis).

1994

Entomologia - Robert A. Lopez de Westport, Nova Iorque, destemido veterinário e amigo de todas as criaturas grandes e pequenas, pela sua série de experiências na obtenção de parasitas dos ouvidos de gatos, inserindo-os no seu próprio ouvido e observando e analisando cuidadosamente os resultados.

1995

Física - D.M.R. Georget, R. Parker, e A.C. Smith do Instituto de Pesquisa Alimentar (Institute of Food Research) de Norwich, Inglaterra, pela sua análise rigorosa de flocos de cereais de café da manhã empapados. A análise foi publicada no relatório "Um estudo do efeito do conteúdo de água no comportamento de compactação de flocos de cereais de café da manhã" (A Study of the Effects of Water Content on the Compaction Behaviour of Breakfast Cereal Flakes).

1996

Saúde Pública - Ellen Kleist de Nuuk, Groenlândia e Harald Moi de Oslo, Noruega, por seu relatório médico preventivo "Transmissão de Gonorréia Através de uma Boneca Inflável" (Transmission of Gonorrhea Through an Inflatable Doll).

1997

Meteorologia - Concedido a Bernard Vonnegut da State University of New York at Albany, por sua reportagem, "Depenagem de Galinhas Como Meio de Medir a Velocidade do Vento de um Tornado ("Chicken Plucking as Measure of Tornado Wind Speed").

1998

Estatística - Concedido a Jerald Bain do Mt. Sinai Hospital em Toronto e Kerry Siminoski da University of Alberta, por seu cuidadosamente medido estudo, "A Relação entre Altura, Comprimento Peniano e o Tamanho do Pé" ("The Relationship Among Height, Penile Length, and Foot Size.").

1999

Cuidados Médicos - Concedido aos falecidos George Blonsky e Charlotte Blonsky de Nova Iorque e San Jose (Califórnia), por inventar um dispositivo para ajudar mulheres durante o parto - a mulher é amarrada em uma mesa circular e então a mesa é girada em alta velocidade.

2000

Ciências da Computação - Para Chris Niswander de Tucson, por inventar PawSense, software que detecta se um gato passa por cima de um teclado de computador.

2001

Física - Para David Schmidt da University of Massachusetts, pela sua explicação do efeito da cortina do chuveiro: uma cortina de banheiro tende a fletir para dentro durante o banho.

Biologia - Para Buck Weimer de Pueblo (Colorado) por inventar Under-Ease, roupa interior com um filtro substituível de carvão que remove a flatulência antes que os gases se escapem.

Economia - Para Joel Slemrod, da University of Michigan Business School, e Wojciech Kopczuk, da University of British Columbia, por concluírem que as pessoas encontram sempre modo de adiar a sua morte se isso lhes trouxer benefícios fiscais a nível do imposto sucessório.

Tecnologia - Para John Keogh da Austrália, por patentear a roda em 2001, e para o Australian Patent Office por lhe conceder a Innovation Patent #2001100012.

2002

Literatura - Conjuntamente para Vicki L. Silvers da University of Nevada-Reno e David S. Kreiner da Central Missouri State University, pelo seu colorido relatório "The Effects of Pre-Existing Inappropriate Highlighting on Reading Comprehension." ("Os Efeitos de Marcação de Texto Inapropriada Já Existente na Compreensão da Leitura")

2003

Pesquisa Interdisciplinar - Stefano Ghirlanda, Liselotte Jansson, e Magnus Enquis da Universidade de Estocolmo, pela pesquisa "Galinhas Preferem Humanos Bonitos."

Biologia - C.W. Moeliker, do Natuurmuseum de Rotterdam, documentando o primeiro caso cientificamente gravado de "necrofilia homossexual de um pato".

2004

Paz - Daisuke Inoue de Hyogo Prefecture, Japão, por inventar o karaoke, através disso oferecendo uma maneira inteiramente nova de as pessoas aprenderem a tolerar umas às outras.

2005

Paz: Claire Rind e Peter Simmons, da University of Newcastle, Reino Unido, pelo monitoramento elétrico da atividade cerebral de uma lagosta, enquanto ela assistia a uma seleção dos melhores momentos de "Guerra nas Estrelas".

2006

Medicina: Francis M. Fesmire, da University of Tennessee College of Medicine, por seu estudo médico Termination of Intractable Hiccups with Digital Rectal Massage ("Interrupção de soluços incuráveis com massagem retal digital"); e Majed Odeh, Harry Bassan e Arie Oliven, da Bnai Zion Medical Center, Haifa, Israel, por seu subsequente estudo médico também intitulado Termination of Intractable Hiccups with Digital Rectal Massage ("Interrupção de soluços incuráveis com massagem retal digital").

2007

Linguística: Juan Manuel Toro, Josep B. Trobalon e Nuria Sebastian-Galles, por descobrirem que ratos não podem distinguir entre gravações em japonês e holandês, quando são tocadas de trás para frente.

Medicina: Dan Meyer e Brian Witcombe, por investigarem os efeitos colaterais de engolir espadas.

Paz: O Laboratório Wright, da Força Aérea dos Estados Unidos, em Dayton, Ohio, por sugerir a pesquisa e o desenvolvimento de uma "bomba gay", que poderia fazer com que soldados das tropas inimigas se tornassem sexualmente atraídos uns pelos outros.

2008

Biologia: Marie-Christine Cadiergues, Christel Joubert e Michel Franc, pela descoberta de que as pulgas que vivem nos cães pulam mais alto do que as que vivem nos gatos.

Economia: Geoffrey Miller, Joshua Tyber e Brent Jordan, por descobrirem que dançarinas de strip tease ganham mais dinheiro nos períodos de fertilidade.

Medicina: Dan Ariely, por demonstrar que placebos caros são mais eficientes do que placebos baratos.

2009

Medicina veterinária: aos pesquisadores Catherine Douglas e Peter Rowlinson da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, por provarem que vacas que possuem nomes dão mais leite que aquelas não “batizadas” por seus donos.

Medicina: ao americano que estalou as juntas dos dedos de sua mão esquerda, mas não os da direita, todos os dias por mais de 60 anos. O objetivo era investigar uma possível causa de artrite.

2010

Física: Lianne Parkin, Sheila Williams, e Patricia Priest da Universidade de Otago, pela demonstração de que os caminhos pedestres com gelo, no inverno, apresentam menor taxa de quedas e escorregamentos para quem use meias por cima dos sapatos.

Paz: Richard Stephens, John Atkins, e Andrew Kingston da Universidade de Keele, Reino Unido, por confirmarem a informação de que os palavrões aliviam a dor.

2011

Medicina: Mirjam Tuk, Debra Trampe e Luk Walrop, junto com Matthew Lewis, Robert Pietrzak, David Darby e Paul Maruff, por demonstrarem que as pessoas tomam as melhores decisões sobre determinados tipos de coisas – mas decisões piores sobre outros tipos de coisas, quando eles estão apertadas para urinar.

Matemática: Dorothy Martin (que previu que o mundo iria terminar em 1954), Pat Robertson (que previu que o mundo iria terminar em 1982), Elizabeth Clare Prophet (que previu que o mundo iria terminar em 1992), Lee Jang Rim (que previu que o mundo iria terminar em 1992), Credonia Mwerinde (que previu que o mundo iria terminar em 1999) e Harold Camping (que previu que o mundo iria terminar em 1994 e depois previu que o mundo iria terminar em 21 de outubro de 2011), por ensinarem ao mundo a ser cauteloso ao fazer suposições e cálculos matemáticos.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Hora errada

Você sabe que chegou na hora errada quando pega uma fila compriiiiiiiida…

Edison - 0178 - Chegar na hora errada

… e quando chega sua vez você ainda é o último.

domingo, 2 de outubro de 2011

Acabou a tinta?

Quem mandou hibernar no melhor da festa?

Vi esse vídeo no blog Ação Crítica.

Related Posts with Thumbnails