domingo, 6 de fevereiro de 2011

Curiosidades do nosso congresso

Congresso

  • Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata.
  • Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa, do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage. 
  • Um diretor (?) que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um oficial-general do Exército que comanda um regimento de blindados.
  • Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro de um professor universitário federal concursado, com mestrado, doutorado e prestígio internacional.
  • Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, mas não passa de um mero estafeta de correspondências, ganha mais que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas. 
  • O INSS paga a um médico por uma cirurgia cardíaca com abertura de peito a importância de R$ 70,00, o que equivale ao que uma diarista cobra para fazer a faxina num apartamento de dois quartos.

Dados recebidos em um e-mail apócrifo. Mesmo que as informações não sejam exatas, são pelo menos plausíveis, conhecendo-se aquelas casas de tolerância como a gente conhece.

Um comentário:

Daniel disse...

É lamentável mesmo. Se esse congresso estivesse no Egito, ja teria mudado radicalmente, mas como está no Brasil, fica essa zona mesmo.

Alias, eu achava que o Tiririca era a maior aberração do congresso, mas tomei um susto essa semana, ao ver que o lutador Popó, é deputado também.

Vergonhoso !

Related Posts with Thumbnails