quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Campanha eleitoral 2010

chamada 2010Todos os candidatos são feios e bobos!

A propaganda eleitoral é um processo mais de desconstrução da candidatura adversária do que da construção da sua própria. E essa atitude piora a cada campanha. Por isso é até natural que a gente ouça as pessoas falando que vão votar no candidato menos pior ou mesmo anular o voto. Não que Serra e Dilma sejam tudo aquilo que eles pensam que são, mas certamente não são tão ruins quanto um diz que o outro é.

O negócio é jogar pra torcida, dar carrinho na frente arquibancada, correr atrás de bola perdida etc. Vale tudo para agradar a galera. Ver o circo pegar fogo. Não é isso que o povo gosta? É muito mais divertido ver uma corrida de automóveis com acidente ou uma luta de boxe que termina em nocaute, do que uma competição chocha não é mesmo? Prova disso é que o Datena tem muito mais audiência do que todos programas educativos somados.

Por falar em educação, o destaque que eles dão a esse tema é para a construção de Escolas Técnicas, Universidades etc. Claro, isso atinge diretamente aos jovens que votam. Mas... e para o ensino básico (que é o que vai fazer essa p... de país realmente ir para frente), o que vão fazer a respeito? Só dão umas leves pinceladas no assunto apenas para constar. Antes e depois de eleitos. Mais quatro anos perdidos de um trabalho que demora muito a apresentar resultados.

Outra coisa, dentre as aberrações do nosso sistema político está o fato de só termos candidatos de esquerda. Uns mais outros menos, é verdade, mas ambos são apoiados por candidatos tanto de esquerda quanto de direita, sendo que muitos dos que os apoiam têm um passado extremamente comprometedor, tendo sido, apoiados e apoiadores, ferozes adversários há relativamente pouco tempo. Mas você pensa que alguém fica melindrado ou envergonhado? Com tantos conchavos, que sentido fazem os termos esquerda e direita hoje em dia?

Serra lendo a bíblia e Dilma indo à Aparecida do Norte foram duas das cenas mais patéticas, bizarras e demagógicas que já tive oportunidade de assistir. E daí que eles são cristãos (se é que o são mesmo)? Eles são melhores pessoas só por serem cristãos? Responder afirmativamente a essa questão é puro preconceito. Pergunte por aí o que pensam disso os judeus, muçulmanos, budistas, umbandistas etc. Eles seriam piores candidatos se fossem ateus? Claro que não! O problema é que o ateu está pouco se lixando se o candidato reza à noite antes de dormir ou não, mas o eleitor crente se importa. É a ele, e só a ele, que se dirige essa mensagem.

Manterei o meu voto do primeiro turno. Graças à propaganda eleitoral, voto convicto de que meu candidato é apenas o menos feio, o menos bobo e o menos mal apoiado.


Nota1
: o gênero masculino empregado em “o” candidato não significa que meu voto é do Serra. Foi apenas uma generalização, pois o texto pode servir para os dois.

Nota 2: a nota 1 acima não quer dizer que voto na Dilma.

Um comentário:

Marília disse...

Propaganda eleitoral e debates me constrangem.

Related Posts with Thumbnails