terça-feira, 20 de abril de 2010

Pinatubo x Eyjafjallajökull

Em 1991, nas Filipinas, o Monte Pinatubo sofreu uma grande erupção e suas cinzas lançaram quantidades gigantescas de dióxido de enxofre na estratosfera. Nos dois anos seguintes essa camada refletiu boa parte dos raios solares, diminuindo a temperatura global em aproximadamente meio grau centígrado.

Catástrofes ainda maiores provocaram efeitos similares em períodos relativamente recentes da história do nosso “frágil” planeta. De tal forma, que uma das soluções propostas por cientistas adeptos da Geoengenharia é criar um guarda-chuva e14_23054261de dióxido de enxofre ou outro material refletivo para combater o Aquecimento Global.

Por enquanto, nada indica que que a erupção do Eyjafjallajökull terá efeito maior do que bagunçar o coreto das companhias aéreas ou proporcionar belas fotografias. Por outro lado, sempre há a chance deste evento ser o prenúncio de uma erupção maior. Daí a dúvida: torcemos para o vulcão voltar ao normal ou para continuar lançando fumaça?

cientistas que desdenham dos que acham que o homem está destruindo o planeta. Dizem eles que somos apenas pequenas pulgas em sua superfície e que mal lhe fazemos cócegas. O fato é que, com uma leve geodispepsia, a terceira pedra depois do sol deu uma demonstração da sua força.

E eu continuo achando que a verdade está no meio. Precisamos ir mais devagar e com cuidado, mas sem exageros.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails