terça-feira, 9 de março de 2010

Microfone de campo

Moro perto de um campo de futebol onde aos sábados e domingos são disputados torneios de várzea. Às vezes incomoda um pouco, principalmente quando soltam fogos barulhentos para comemorar a entrada de algum time, mas é exceção. Chato mesmo só quando rola um pagode depois das partidas.

Mas tem o lado engraçado: os gritos que se ouvem durante os jogos. Já joguei futebol e provavelmente até já gritei igual, mas quando se presta atenção, a coisa fica muito mais interessante. Não sei se existe um estudo sociológico a respeito, mas deixo aqui minha contribuição em forma de lista das expressões mais utilizadas em ordem alfabética e procurando reproduzir o som percebido:

Aaah, juiz, caraio!
Beeem!
Capricha, caraio!
Dá aqui, ó!
Do outro lado, caraio!
É brincadeira!
Ei! Ei!
Falta aí, juizão, caraio!
Filho da puuuuta! 
Goool!
Num vai dá cartão, professor?
Ô bandeirinha viado!
Olha eu aqui sozinho, caraio!
Opa! Opa!
Pede pra cagá e sai! (essa é clássica)
Porra, golerão, caraio! 
Putaquipariu, caraio!
Sai da área! Sai da área, caraio!
Saiu! Saiu! Saiu!
Tá com o braço engessado, ô bandeira?
Tá dormindo, ô filhadaputa?
Tá empurrando!
Toca! Toca, caraio!
Vai tomá no c..., caraio!
Valeu!
Vamo jogá, caraio!
Vem cá! Vem cá! Vem cá! Vem cá!

Você deve ter notado que não coloquei muitas expressões que denotam carinho ou admiração, mas isto é porque elas são utilizadas raramente, e só quando sai um gol.

Chamo a atenção também para a prevalência do vocábulo “caraio”, que vem quase sempre como complemento de alguma outra expressão. Há casos em que ele é utilizado isoladamente, mas é mais difícil de se perceber o contexto.

Em tempo, quem me conhece certamente deve estar pensando que estou exagerando, mas não estou não, caraio.

4 comentários:

Daniel disse...

Isso faz parte da cultura do futebol.Talvez sem palavrão não teria a mesma graça. Sem falar que é a melhor maneira de extravasar a raiva naquele lance perdido ou roubado. hahaha...

Agora vendo esse post me lembrei de uma notícia recente, não sei se você viu, mais na Paraíba estão proibidos palavrões nos estádios. E isso está no regulamento.

"Não basta só segurança no estádio. É necessário também que o estádio seja um ambiente saudável à família paraibana, à família brasileira como um todo", diz o assessor jurídico da Federação, Jader Ribeiro Filho.

E ai..da pra acreditar? haha..

Abraço

Edison Junior disse...

Legal que você colocou essa observação aqui. Também vi essa notícia. Absolutamente ridículo. certamente, vai ser daquelas leis que não "pegam".

Waldomiro Lessa disse...

Me lembro bem que os estadios se prestavam muito para uso de palavrões. Mas hoje eles não existem mais, todos foram promovidos a adjetivo e usados em qualquer lugar.

JAMES disse...

É bem isso mesmo, hauahauahau! Legal caraio!!

Related Posts with Thumbnails