segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Um dia volta pra você

No próximo mês, em Copenhague, reunem-se os grandes líderes mundiais para tratar do meio ambiente, ou mais exatamente, em formas de diminuir as consequências das mudanças climáticas. Infelizmente, onde quer que eu leia sobre o assunto, tudo indica que essa reunião está destinada ao fracasso.

Os maiores poluidores do mundo, EUA e China, não estão dispostos a se comprometer com a redução de emissões de dióxido de carbono (CO2). Já se esperava isso da China, mas dos EUA, especialmente de Obama, que alguém disse ser o primeiro presidente verde dos EUA, eu sinceramente esperava mais. Ok, I am so naïve.

Em clima de campanha eleitoral, do Brasil irão os três candidatos mais fortes das próximas eleições presidenciais, Dilma, Marina e Serra, todos obviamente querendo tirar uma casquinha.

A proposta que o Brasil leva é a mais ousada: redução de quase 40% das emissões. Na verdade há uma pegadinha aí. O governo está chamando isso de “compromisso voluntário” e não de meta. Cada um tira a sua conclusão. A Marina, por exemplo, não gostou.

2 comentários:

Ravick disse...

o problema dessa questão é que ela é adminstrada por especialistas em obter popularidade e no "jogo político", ou seja, gente que não entende porcaria nenhuma de ecologia.. :(

Marília disse...

Que medo!

Related Posts with Thumbnails