segunda-feira, 15 de junho de 2009

Inversão de valores

A cada dia que passa a educação no Brasil desce um pouco mais a ladeira.

Um amigo meu, que dá aula em escola pública, nos conta histórias horripilantes de alunos que passam a aula escutando seu mp3, e quando são chamados a atenção reclamam aos pais ou simplesmente dão de ombros, trocam mensagens no celular e o atendem no meio da aula. Isso para não mencionar as ameaças que ele recebe fora da escola de alunos e pais.

Não na mesma proporção, mas esse tipo de comportamento se repete também em cursos universitários.

Um outro amigo me contou que certa vez, enquanto dava aulas de matemática num curso supletivo, repreendeu um aluno que lia um jornal dizendo que seria bom para ele mesmo prestar atenção à matéria se quisesse ser alguém na vida. Ao que o aluno respondeu:

- Tudo bem, mestre. Meu pai tem uma indústria, eu só estou aqui para pegar o diploma e deixar o velho contente.

Nesse momento meu amigo perdeu uma grande chance de ficar calado. Sem perceber que estava se metendo em um atoleiro insistiu:

- É, mas se você não estudar, quando estiver tomando conta do negócio de seu pai, você poderá colocar tudo a perder!

- Que nada, quando eu ‘tiver tomando conta do negócio, eu contrato um cara bom igual ao senhor…

Foi o último dia de aula que ele deu.

Recebi esse cartum hoje por e-mail. Só para não abrir mão de um chavãozinho: seria cômico se não fosse trágico.

As coisas mudaram

Complemento com a tirinha indicada pelo leitor R.F.:

Educação

2 comentários:

Marília disse...

É assim mesmo que estão as coisas nas escolas. Dá medo.

r.f. disse...

http://rflores87.files.wordpress.com/2009/06/tirinha279.gif [uma tirinha relacionada...] Agente sabe que a educação precisa de uma reforma geral urgente, mas o povo já "sai de fábrica" com valores invertidos, baseados no jeitinho, lucro fácil, desonestidade... a educação começa na familia, mas os pais geralmente educam os filhos como foram educados...

Related Posts with Thumbnails