sábado, 9 de maio de 2009

O Dia das Mães e a evolução feminina

Sou do tempo em que quase todas as mães ganhavam em seu dia presentes para a casa ou, mais especificamente, para o seu trabalho em casa. Liquidificadores, batedeiras, aspiradores... as mais abonadas ganhavam fogão, geladeira e máquina de lavar (roupas, porque de prato ainda não existia). Até nas escolas isso era incentivado. Enquanto que no Dia dos Pais os filhos levavam para casa lenços e cabide para gravatas (veja que antigo isso) para os orgulhosos progenitores, as mães geralmente recebiam aventais e panos de pratos decorados com desenhos de seus pimpolhos.

Isso mudou muito, menos por reclamação das mães (mãe é mãe, né?), mais por uma mudança da cultura geral e, por quê não, uma leve pressãozinha do comércio. Assim é que hoje as mães ganham sapatos, roupas, perfumes e outros adereços, conforme as posses de cada filho. Mesmo as escolas hoje fazem a mesma graça só que com pijamas, chaveiros (é, mãe agora dirige) e outras coisas de uso pessoal. Muito bom isso, acho que é um retrato dessa nova face da sociedade.

É isso aí, mãe, parabéns pra você no seu dia! Você vai adorar o tanquinho que eu comprei com o desconto do IPI!

Beijos!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails