quinta-feira, 19 de março de 2009

Blowing in the wind

Notícias de meus correspondentes internacionais dão conta de que o compositor Bob Dylan, grande defensor dos direitos civis universais, não liga muito para os direitos civis de seus vizinhos.

Há mais de um ano instalou em sua mansão, localizada em Los Angeles, um banheiro portátil para seus seguranças que exala mau cheiro pelas redondezas.

Bob DylanAs reclamações ficaram sem resposta e os ventiladores instalados nas casas vizinhas aparentemente foram insuficientes para compensar o forte vento que vem do Oceano Pacífico e lhes devolve o fétido odor.

Poucos jornais perderam a oportunidade de ligar o caso com o nome de uma de suas composições mais famosas, Blowin’ in the wind (“The answer, my friend, is blowin’ in the wind…”). Boa, né?

Fiscais da prefeitura também até agora nada puderam fazer, pois foram impedidos de entrar na propriedade, pelos próprios seguranças cagões por falta de um mandato.

Nunca soube de um banheiro que gerasse tanto mau cheiro, muito menos conseguisse espalhá-lo tão persistentemente. Como as reportagens não são claras a este respeito, é o caso de se questionar a qualidade da comida que é servida aos seguranças.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails