segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Vida de aposentado 2


domingo, 12 de novembro de 2017

T.O.C.


Não sei se sofro do tal de Transtorno Obsessivo Compulsivo, o chamado TOC, pois esse termo está muito banalizado, mas algumas coisas fora de lugar realmente me incomodam.

Como, por exemplo, essa reforma que meu vizinho de trás da rua está fazendo. Os pintores deixaram um pedaço de aproximadamente um metro de beiral sem pintar. Por que? Por que? Por que?




Durante uns três ou quatro dias o beiral ficou assim. Fiz até um post no Facebook falando sobre isso e descobri abismado a quantidade de amigos que padecem do mesmo incômodo. A maior parte pedia para avisar o vizinho (*).

Nem o conheço pessoalmente, só sei que ele dá festas barulhentas até altas horas da madrugada de vez em quando. Por isso, pensei em deixar como estava, mas na verdade o maior incomodado seria eu mesmo.

Pois bem, resolvi que ia falar com o cara (quem sabe ele, agradecido, me convidasse para as suas próximas festas). Eis que, antes que eu pudesse tomar uma providência, o pintor retornou para dar uma segunda demão no beiral e corrigiu o problema.



Problema resolvido, posso voltar aos meus afazeres. 

Ou não. Será que devo avisá-lo de que o telhadista deixou uns pedaços de telha quebrada sobre o telhado?



(*) Uma amiga me mandou procurar um médico.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Um ano depois

Pois é, um ano se passou desde que resolvi pendurar as chuteiras. Até aqui tenho cumprido os objetivos estabelecidos quando tomei essa resolução (leia aqui e aquie não me arrependo nadinha dela.

Só para registro, com relação ao cuidado com a saúde, informo que perdi nesse período 8,6 kg, ou seja, mais de meia arroba. Era para ter sido mais. Depois de um início muito promissor, deu uma estabilizada nos últimos meses. 




Para melhorar isso, preciso fechar mais a boca, pois as atividades físicas vão bem, obrigado. Caminhei 1.329,4 km (sim, eu anoto), o que dá uma média de 5 km por dia, cinco vezes por semana.

Acordo na hora que me dá na telha (nunca é muito tarde, pois meu sono é leve e os barulhos matinais são pesados) e me levanto bem depois, após espreguiçar bastante. Isso também é muito bom pra saúde.

Em tempo, estou adorando meu curso de desenho.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Selfie à moda antiga


O resultado, claro, saiu em preto e branco, meio pro sépia...


segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Anúncios de roupa

Desenhos feitos a bico de pena como parte de uma propaganda de roupas em A Estação, revista ilustrada carioca, de 1891. Clique na figura para ver em tamanho maior.





Related Posts with Thumbnails